História

História

Mais de 20 anos de experiência

Anos 50: o começo.

Num país caracterizado pela ruralidade e dedicado sobretudo às atividades agrícolas em plena vigência do Estado Novo, inserido num contexto mundial de concentração nos esforços de guerra e também na véspera dos movimentos independentistas das colónias ultramarinas portuguesas era enfim uma época em que não existia propriamente uma agenda a nível político relativamente à inovação e desenvolvimento industrial.

As raízes da EDP Labelec remetem-nos para a década de 1950, sob outra denominação: os Laboratórios Centrais da CNE (Companhia Nacional de Eletricidade). Podemos afirmar seguramente que a criação do sistema elétrico português organizado, bem como a fundação do que é atualmente a EDP Labelec, se deve ao pensamento e ação do Professor Eng.º Ferreira Dias Júnior. A sua ideia fundamental era fazer evoluir a economia portuguesa, abandonando o caracter precário e principalmente agrícola que a moldava e lançando-a numa era de modernização virada para a indústria e para os novos valores de desenvolvimento.

Corria o ano de 1955 quando foi dada como concluída a obra do Complexo de Sacavém da CNE, designação própria da época, e onde ainda hoje funcionam os Laboratórios da EDP Labelec.

Com o início de atividade de natureza laboratorial eletrotécnica e química, deu-se um passo de gigante para garantir a segurança e continuidade do serviço elétrico bem como para estabelecer um rumo de evolução.

Pós-revolução: tempos incertos

Nesta fase histórica que se sucede à “revolução dos Cravos”, no ano de 1974, a atividade dos laboratórios, à semelhança a todos os outros sectores socioeconómicos, entra numa espécie de impasse, devido à incerteza que o futuro perspetivava. Apesar do Laboratório estar na vanguarda do trabalho técnico especializado e do desenvolvimento de conhecimentos científicos, a grande fatia dos trabalhos de ensaios e investigação consistia na resolução pontual de problemas internos das áreas de funcionamento da empresa, o que representava em parte um desaproveitamento do potencial interno existente. Associado à imagem de excelência, uma marca indelével, está o facto de aqui se concentrarem, na sua força de trabalho, os recém-graduados provenientes do Instituto Superior Técnico que obtinham as melhores classificações e que colaboravam nas áreas laboratoriais de química e eletrotecnia.

Tendo em conta as suas potencialidades, com base nos meios técnicos e humanos que integravam o Laboratório, foi criada, em Agosto de 1994, a LABELEC – Estudos, Desenvolvimento e Actividades Laboratoriais, S.A., no âmbito da reestruturação da Eletricidade de Portugal, E.P.E.

Mudança de estratégia: interligação internacional

Em 2013, a EDP Labelec muda de rumo e passa a ser reconhecida como um Centro de Excelência Técnica para toda a cadeia de valor da energia elétrica. Apoiando-se num modelo organizativo aperfeiçoado, define-se uma nova abordagem comercial, com foco nas necessidades dos Clientes e na criação de uma rede de parcerias de inovação técnica e de desenvolvimento.

Com novos objetivos definidos, esta foi uma fase de expansão na prestação de serviços a empresas e clientes externos e internacionais, dada a consolidação total do apoio às empresas do Grupo EDP. O posicionamento estratégico de cada departamento e de cada trabalhador, com o clima de exigência inerente, torna-se um compromisso plenamente assumido. Há a consciência de que a manutenção do sucesso da EDP Labelec depende da prestação de serviços adequada às solicitações dos seus clientes, através da realização atempada dos trabalhos encomendados e da manutenção de elevados padrões de qualidade de execução. Com base nesta evolução, a EDP Labelec posiciona-se no mercado como um centro tecnológico e de inovação do Grupo EDP, definindo os seus serviços nas seguintes áreas: Testes e Ensaios (onde é dada resposta à gestão e manutenção de ativos com vista ao aumento de segurança, redução de falhas e otimização de custos ambientais e de manutenção), Ambiente (prestação de serviços técnicos de recolha de amostras e ensaios laboratoriais de química e biologia, estudos e consultoria de desenvolvimento de soluções e apoio ao cumprimento de obrigações ambientais), Certificação, Qualificações e Inspeções (onde são desenvolvidas atividades de certificação, qualificação e inspeção de equipamentos elétricos e/ou fornecedores de serviços externos), e a área de Consultoria Energética (realização de projetos de consultoria, desenvolvimento e inovação no domínio da energia).

Estas quatro áreas de atuação compõem o objeto social da EDP Labelec de realizar trabalhos de engenharia, de investigação e desenvolvimento e de índole laboratorial.

Tendências Modernas: sustentabilidade, empreendedorismo e renováveis.

SunLab, InovGrid, Red:dy, WindFloat. Todos eles são projetos inovadores, no âmbito da eficiência energética e do empreendedorismo que reforçam a importância do apoio especializado prestado pela EDP Labelec a projetos das empresas e unidades de negócio dentro e fora do Grupo EDP.

Nesta fase é fundamental destacar o FabLab EDP, criado em 2011, fruto de uma parceria desenvolvida com o Massachusetts Institute of Technology (MIT). Neste espaço nascem, criam-se e desenvolvem-se ideias que se tornam em projetos e produtos disruptivos, dada a sua natureza inovadora. É o primeiro laboratório digital português, situado na EDP Labelec, e tem como target toda a comunidade científica, estando também aberto a qualquer cidadão que queira desenvolver um projeto ou uma ideia de produto. Dispõe de ferramentas modernas adequadas à conceção e execução de projetos, tais como uma impressora 3D, máquinas de corte a laser e a vinil, entre outros. Tais meios técnicos permitem que qualquer pessoa possa concretizar fisicamente uma ideia inicialmente abstrata. Exemplos como turbinas eólicas, smart grids, habitações energeticamente independentes surgiram graças ao FabLab EDP e a todo o apoio dado pelos diversos departamentos da EDP Labelec.

Para a EDP Labelec, no contexto atual e na projeção de futuro, o essencial passa pela cooperação em atividades de investigação científica, o desenvolvimento de tecnologias para as “energias verdes” bem como na colaboração técnica mútua e na participação conjunta em projetos internacionais.

É portanto através destes eixos que a EDP Labelec se guia para um futuro de desenvolvimento sustentado e de melhoria contínua, beneficiando simultaneamente o mundo empresarial e a sociedade civil.